Skip to content

☆ Jill Greenberg em Paris ☆

27/01/2010

Jill Greenberg é uma fotógrafa canadense de talento conhecida por seus retratos de celebridades, seu trabalho em moda, publicidade e entretenimento.. Seu portfolio é certamente um dos melhores que eu jà vi.. (apesar dele estar inteiramente em flash).. Ele permite ao usuàrio mergulhar rapidamente no mundo da artista.. o que é o mais bacana..

Jill sabe brincar como ninguém na manipulação do espectador.. suas imagens são FANTàSTICAS.. Daí o seu apelido « Manipulator » (Manipuladora)..

Eh uma exposição que não deve ser perdida.. Se é polêmica?? logico!! especialmente a série de crianças chorando  “END TIMES”.. O tema da série é um tabu: A dor das Crianças.. aqui Jill utiliza esta imagem desconfortável como uma forma de romper as barreiras, participando de um diàlogo nacional crescente dos perigos reais que enfrentamos no nosso mundo..

As imagens são nítidas e saturadas, com muito realismo e imaginação,  que tem causado muito mal estar por todos os lugares que a exposição passa.. e não acredito que em Paris vai ser diferente.. mas não podemos negar que é realmente um belissimo trabalho.. todas as fotos que vi, as crianças tinham uma inocência misturado com um lado dramàtico.. não gosto de ver meus “Remelentos” sofrendo.. doi, machuca.. mas depois de pensar e pensar à respeito, ainda continuo achando as fotos belissimas..😳

© JILL GREENBERG

© JILL GREENBERG

© JILL GREENBERG

© JILL GREENBERG

“Nothing is more pure than the anguish of a child. Pictures of children crying capture raw emotions: sputtering rage and profound loss. In many ways we’ve become desensitized to disturbing images. But the honesty of a child’s feelings is undeniable and it draws you in to the photograph. Perhaps because kids experience the kind of powerful emotions that we, as adults, have suppressed in ourselves.

The children I photographed were not harmed in any way. And, as a mother, I am quite aware of how easily toddlers can cry. Storms of grief sweep across their features without warning; a joyful smile can dissolve into a grimace of despair. The first little boy I shot, Liam, suddenly became hysterically upset. It reminded me of the helplessness and anger i feel about our current political and social situation. It made me think of my outrage at our false reasons for going to war in Iraq and the scandalous way in which the conflict was sold to the American people. I thought George W. Bush, then just sworn into his second term in office, and decided to call the image “Four More Years.”

As any new parent will tell you, the future suddenly becomes a very serious concern. As ecstatic as I was at the birth of my daughter, I felt selfish bringing her, and later my son into our screwed-up world. I seemed to become a mother exactly the moment things went awry. Of course, human beings have always been greedy, violent, and dishonest. But the rise of the Christian right as a political force in the country has made the situation dire. The most dangerous fundamentalists aren’t just waging war in Iraq; they’re attacking the evolution, blocking medical research and ignoring the environment. It’s as if they believe the apocalyptic End Time is near, therefore protecting the earth and the future of our children is futile. As a parent I have to reckon with the knowledge that our children will suffer for the mistakes our government is making. Their pain is a precursor of what is to come.”

Written by: Jill Greenberg
From the preface of the Catalog “End Times” Published by Paul Kopeikin Gallery.

Mas se não bastasse ver as crianças chorando, ainda tem “MONKEY PORTRAITS”.. As semelhanças entre os macacos e nós nunca apareceu com igual força e humor como nestes retratos de Jill Greenberg.. Aborrecido, Brincalhão, Culpado, Surpreso, Arrogante, Amigo.. Estas imagens são engraçados e tristes, são sublimes..  e vai fazer refletir todos os céticos “do darwinismo”, quando sabemos que nosso DNA é de 98% similares aos chimpanzés..

© JILL GREENBERG

© JILL GREENBERG

© JILL GREENBERG

© JILL GREENBERG

© JILL GREENBERG

Além do antropomorfismo óbvio e divertido, personagens e emoções que surgem à partir desses retratos íntimos são preocupantes, porque eles são um espelho grotesco de nós mesmos, sem a nossa aparência de “seres civilizados”..

© JILL GREENBERG

© JILL GREENBERG

© JILL GREENBERG

© JILL GREENBERG

A exposição é gratuita.. começou dia 14 de janeiro e vai até 27 de fevereiro.

Horàrios de Abertura:
De segunda à sexta das 10h00 às 13h00 e das 15h00 às 19h00
Sàbado das 13h00 às 18h00
Fecha aos Domingos e Feriados.

acte2galerie

41 rue d’Artois – 75008 Paris

tel: 00 33 (0) 1 42 89 50 05

e-mail: acte2galerie@orange.fr

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: